A Prefeitura de São Paulo celebrou nesta quinta-feira, 22 de novembro, a reabertura da Casa de Cultura da Brasilândia, na zona norte. Participaram da cerimônia o prefeito, Bruno Covas, os secretários municipais de Desenvolvimento Econômico, Aline Cardoso, de Cultura, André Sturm, ad Pessoa com Deficiência, Cid Torquato, de Direitos Humanos e Cidadania, Berenice Giannella; o subprefeito da Freguesia do Ó / Brasilândia, Roberto de Godoi Carneiro e D diretor do departamento de Edificações (EDIF/SIUIRB), Roberto Valente.

Durante todo o dia, a equipe do CATe – Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo estará no local oferecendo gratuitamente os serviços da Pasta. Até às 17h, os munícipes podem emitir a carteira de trabalho, se tornar um Microempreendedor Individual (MEI) e buscar vagas de emprego que se encaixem ao seu perfil profissional.

Para ser atendido é necessário apresentar o RG, CPF, o número do PIS e a carteira de trabalho. Caso não tenha o último documento, ele pode ser emitido na hora, basta ter uma foto 3×4 em mãos.

As obras foram iniciadas em junho e o espaço foi totalmente reformado com investimentos de cerca de R$ 718 mil, sendo R$ 250 mil do Fundo de Desenvolvimento Urbano (FUNDURB) e o restante do orçamento da Secretaria Municipal de Cultura (SMC).

O prédio principal foi requalificado com a adequação do sistema impermeabilizante da laje à base de membranas asfálticas e teve revisão e substituição de rufos danificados, adequação de piso, corrimão (incluindo pintura e anel de textura), quadro de distribuição, forro e moldura de gesso, substituição parcial de portas, batentes, guarnições, fechaduras e dobradiças danificadas. Todo espaço recebeu pintura nas áreas internas e externas.

A área do antigo Telecentro ganhou nova pintura, além de adequação da cobertura para telhas e dos sistemas de calhas, elétrico e hidráulico. Houve adaptação de revestimento cerâmico, instalação de piso podotátil e substituição de portas danificadas. O playground foi restaurado com novo gramado e substituição dos brinquedos danificados.

Programação de reabertura
A casa programou uma série de atividades especiais para reabertura, como a peça As Peripécias de Dundum e Dedê, uma apresentação de ballet da Cia FB de dança, o DJ Paulinho Cagebe e uma oficina de artesanato.

Também um equipamento itinerante do Centro de Cidadania LGBTI Luana Barbosa dos Reis estará no local prestando apoio e divulgando as atividades educativas e culturais promovidas pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania.

São profissionais que percorrem vários pontos da cidade oferecendo atendimento às vítimas de violência, agressão ou de discriminação por causa do gênero ou orientação sexual, além de realizar encaminhamentos para serviços de assessoria jurídica, psicológica e de assistência social.