A secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso, participou nesta terça-feira, 19 de março, do Food Female, evento que debate a segurança alimentar e nutricional entre mulheres empoderadas que fazem parte da produção de alimentos, organizado pela Unibes Brasil. Participaram do painel, juntamente com a secretária, Janaína Rueda, proprietária do Bar da Dona Onça, Adélia Rodrigues, empreendedora representante do aplicativo Gastronomia Periférica, e a diretora de Comunicação e Impacto Social da Laureate Brasil, Rosa Moraes.

“A Secretaria de Desenvolvimento Econômico possui uma política extensa no que se refere a segurança alimentar e nutricional. Por meio dos equipamentos e programas da Secretaria, como as unidades dos Cresans, o Banco de Alimentos e o Observatório da Gastronomia, são executadas atividades que incentivam a geração da economia criativa, assim como orientações para o reaproveitamento integral de frutas, legumes e hortaliças”, declarou Aline Cardoso.

A gastronomia brasileira é um dos itens mais bem avaliados por estrangeiros que visitam o país. O dado vem de uma pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) para o Ministério do Turismo, apontando que o Brasil recebeu avaliações positivas de 95,7% dos turistas estrangeiros e os restaurantes foram aprovados por 96,4%, confirmando a gastronomia como um importante ativo do turismo. Em São Paulo, as avaliações positivas sobem para 97,3%, sendo a segunda cidade com mais comércios gastronômicos em toda a américa latina.

“Na Gastronomia Periférica nós abrimos a discussão da geração de renda, no desenvolvimento de negócios, mas também ressaltamos a valorização da mulher no mercado de trabalho, independentemente da área de atuação. A mulher pode transitar em qualquer área ou modalidade que ela quiser desde que ela reconheça o seu valor e saiba se posicionar em meio às adversidades”, afirma Adélia Rodrigues, empreendedora do aplicativo Gastronomia Periférica.

O evento contou ainda com mentorias e orientações para quem deseja montar um negócio e uma loja colaborativa de utensílios gastronômicos feitos por empreendedoras. Rodas de conversa incentivaram a interação e a troca de contatos dos participantes.

Observatório da Gastronomia

O Observatório da Gastronomia é um espaço de articulação direcionado ao fortalecimento da cadeia da alimentação e da gastronomia. Trabalhando em conjunto com todos aqueles que atuam nesse setor, o Observatório visa potencializar os aspectos ligados à economia, cultura, segurança alimentar e sustentabilidade.

O programa atua por meio de comitês temáticos, que têm o objetivo de unir a expertise dos diversos atores de forma a potencializar a busca por soluções no setor da alimentação. Vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da Prefeitura de São Paulo, conta com a participação de órgãos e instituições municipais, associações, cooperativas, ONGs, instituições de ensino, sindicatos, chefs de cozinha, bares, restaurantes, empresas do setor de alimentação e de distribuição, comida de rua e produtores agrícolas.