A vereadora licenciada e secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso, participou do encontro Diálogos A Vida no Centro – As transformações do Centro de São Paulo no dia 22 de novembro. Realizado no Hotel Ibis Styles Downtown, na zona central, a iniciativa teve o objetivo de discutir a atual efervescência na economia criativa da região, destacando a área gastronômica e cultural.

Aline Cardoso, compôs a mesa de debates e destacou a importância de tornar o Centro mais acolhedor a quem o visita pela primeira vez. “Precisamos trazer mais pessoas para o Centro de São Paulo, desmistificar o preconceito sobre esta região. Uma das melhores maneiras é realizar eventos gastronômicos, festivais como o de natal, entre outras iniciativas. A região possui muitos bares, restaurantes, centros culturais em prédios históricos, mas após determinado horário, o visitante não tem opção para continuar no Centro, temos que pensar em acolher o visitante” disse Aline Cardoso.

Durante o bate papo, destacou ainda os encontros regionais para a elaboração do Plano Municipal de Desenvolvimento Econômico da cidade, onde serão identificadas as vocações e o que poderá ser investido para os próximos dez anos na capital.

“Organizamos oito encontros, em todas as regiões da cidade, para reunir atores da sociedade civil e da iniciativa privada para ajudar na construção do primeiro Plano Municipal de Desenvolvimento Econômico da Cidade de São Paulo. As oficinas ocorreram com o apoio do Dieese e o documento irá propor a melhoria da geração de trabalho, emprego e renda da capital até 2030, com o foco no desenvolvimento regional, mapeando as vocações econômicas, as tendências e oportunidades de todas as regiões da cidade”, complementa a secretária.

Um dos participantes do Diálogos A Vida no Centro e fundador da editora Lote 42 e da Banca Tatuí, João Varella, comentou sobre seu trabalho que contribuiu com mudanças na área que tem o negócio. “Aproveitei a boa localização da banca e do prédio em frente, para instalar a editora independente. Os moradores e comerciantes do entorno, perceberam durante a mudança que algo diferente seria instalado. Após a reforma, verificaram que o local, antes tomado por usuários de drogas e moradores de rua, foi totalmente requalificado dando outra cara para o bairro”, completou.

Participaram ainda do encontro o subprefeito da Sé, Roberto Arantes, e o sócio da Magik JC Empreendimentos Imobiliários, André Czitrom.