A Escola Municipal de Educação Profissional e Saúde Pública Professor Makiguti promoveu nesta segunda-feira, 17 de dezembro, a cerimônia de formatura dos alunos dos cursos técnicos de Análises Clínicas, Farmácia, Gerência em Saúde e Saúde Bucal. O evento aconteceu no auditório do CEU Água Azul. Cerca de 600 pessoas acompanharam a cerimônia de diplomação dos 124 alunos.

A secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Aline Cardoso, presente ao evento, destacou a importância da instituição de ensino para o desenvolvimento local e a contribuição para formar mão de obra qualificada para o mercado. “A Escola Makiguti é muito especial porque promove, ao mesmo tempo, saúde e geração de renda para a população de Cidade Tiradentes. A maior parte dos profissionais formados atua nos equipamentos locais de saúde, o que faz da instituição uma ferramenta de desenvolvimento econômico e de melhoria da qualidade de vida da região. O caminho que esses alunos escolheram vão ao encontro de estudos que apontam que entre as profissões do futuro estão as que envolvem cuidados com a saúde e bem-estar das pessoas, assim há inúmeras chances de empregabilidade para os formandos”, afirma Aline Cardoso.

Para a coordenadora de Ensino, Pesquisa e Cultura da Fundação Paulistana, Maria Isabel Lopes da Cunha Soares, os alunos receberam a bagagem necessária para poderem ingressar no mercado. “Esse momento é a coroação de um período de estudos e agora seguem o caminho para serem excelentes profissionais no mercado de trabalho”, ressalta.

Segundo a diretora regional de Educação de Guaianases, Lucimeire Cabral de Santana, a Escola Makiguti é uma referência de ensino técnico para a cidade de São Paulo. “Os esforços do corpo de profissionais somados aos dos alunos e de seus familiares são reflexos dessa qualidade, que subsidiará o sucesso dos alunos por onde passarem. Tenho imensa satisfação de ter acompanhado a evolução desta escola, tendo assinado os certificados dos 10 mil alunos que por aqui passaram”, afirma.

As alunas Nicole Penteado dos Santos, 18 anos, e Priscila Galdino Penteado, 34 anos, que também são sobrinha e tia, respectivamente, estão otimistas com as perspectivas de conquistar uma vaga no mercado com o aprendizado em Gerência em Saúde. “Pela idade que tenho achei que não era mais capaz de passar por esse processo. Hoje tenho uma visão diferente do que posso conquistar”, disse Priscila Galdino Penteado. Já Nicole analisa que o curso, além do ensino, proporcionou sua mudança de postura. “Mudei muito nesse um ano e meio de curso. Foram muitas coisas novas e boas que aconteceram e poderão me ajudar a entrar no mercado de trabalho”.

Administrado pela Fundação Paulistana de Educação, Tecnologia e Cultura, órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de São Paulo, a Escola Makiguti foi inaugurada em 2005, sendo a primeira escola voltada exclusivamente para saúde pública do Brasil. Hoje, a instituição oferece cursos técnicos de Análises Clínicas, Farmácia, Gerência em Saúde, Saúde Bucal, Hemoterapia e Cuidados de Idosos.

Vestibular

O processo seletivo para o 1º semestre de 2019 na Escola Makiguti acontece em 6 de janeiro. Com cerca de 3 mil inscritos, o vestibular irá selecionar 540 alunos para os seis cursos que a instituição oferece. O resultado será divulgado no Diário Oficial da Cidade de São Paulo em 11 de janeiro.

Os alunos da rede pública terão bônus de 15 pontos a mais na prova e os alunos de Cidade Tiradentes terão outros 15 pontos. Além disso, após a conclusão do segundo módulo, o aluno recebe o certificado de auxiliar, o que já possibilita oportunidades no mercado de trabalho. Esses fatores estimulam o desenvolvimento social e econômico da região.

Com essa formatura, a escola atinge 10 mil alunos formados. São cerca de 3 mil auxiliares e mais de 6 mil técnicos profissionais. Com processos seletivos realizados semestralmente, a instituição recebe 1.080 novos alunos por ano.

Cursos e atuação

– Análises Clínicas: o técnico em Análises Clínicas executa atividades em laboratórios nas áreas de parasitologia, microbiologia, imunologia, hematologia, bioquímica, biologia molecular e urinálise. Os profissionais formados podem atuar em hospitais, clínicas e postos de saúde, além de laboratórios de diagnósticos médicos, de pesquisa e de ensino biomédico.

– Farmácia: o tradicional curso técnico em Farmácia oferece aos alunos uma formação para realização de operações farmacotécnicas, com conhecimento sobre diferentes tipos de produtos e de formas farmacêuticas, desde a composição até a técnica de preparação, além de rotinas de compra, armazenamento e dispensação de produtos. O campo de atuação profissional inclui drogarias, postos de saúde, farmácias de manipulação e indústrias farmacêuticas.

– Gerência em Saúde: a formação do curso técnico em Gerência em Saúde capacita profissionais para atuar na implementação de políticas públicas de saúde e na gerencia de serviços em hospitais, clínicas, postos de atendimento e empresas seguradoras de medicina de grupo.

– Saúde Bucal: o técnico em Saúde Bucal atua no controle e prevenção de doenças bucais, em programas educativos na área e em estudos epidemiológicos. Entre locais possíveis para atuação profissional estão clínicas ou consultórios odontológicos, além do Sistema Único de Saúde.

– Hemoterapia: o profissional é capacitado para atuar no processamento de amostras de sangue para realização dos exames hematológicos, imunohematológicos, sorológicos, bem como processar e estocar os diferentes tipos celulares para terapia celular. A área de atuação conta com laboratórios de controle de qualidade em hemoderivados, bancos de sangue e agências transfusionais e indústrias de insumos para hemoterapia.

– Cuidados de Idosos: o curso capacita o profissional para atuar nos cuidados ao idoso a partir do conhecimento em aspectos legais e trabalhistas, políticas públicas para a pessoa idosa e questões específicas de saúde (biológica, psicológica e social). Os formados podem trabalhar em hospitais, ambulatórios, unidade básicas de saúde, clínicas odontológicas, convênios, laboratórios, serviços terceirizados e lares.