Cerca de 60 mulheres participam do curso de qualificação profissional

A vereadora licenciada e secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso, esteve nesta terça-feira, 24 de setembro, na Escola Estadual Brigadeiro Gavião Peixoto, em Perus, onde ocorreu a capacitação para mulheres empreendedoras em situação de vulnerabilidade social. O curso é oferecido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, por meio da Ade Sampa – Agência São Paulo de Desenvolvimento, em parceria com o Sebrae SP.

“É importante termos essa visão de desenvolvimento na região, essa integração com pessoas precursoras do programa Mil Mulheres, que iniciou na zona norte e foi expandido para as demais regiões da cidade. Fui empreendedora durante oito anos, empreender não é fácil, temos as dificuldades e a principal delas é a falta de capacitação. A parceria entre Prefeitura e Sebrae é fundamental, capacitando quem mora aqui e gerando economia circular dentro do bairro”, destacou a vereadora e secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso.

Para Joyce Silva, o número de mulheres inscritas no programa, que nunca tinha tido contato com o empreededorismo, foi surpreendente. “Tivemos um número de participantes surpreendente, não esperávamos. Isso mostra o quanto as mulheres estão querendo empreender na região que residem. Em sua maioria, o perfil era da mulher dona de casa, desempregadas e algumas com baixa escolaridade, há casos que não haviam nenhuma escolaridade. É gratificante ver a participação local nesses programas de capacitação e não podemos esquecer que, sem o apoio da secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso, nada teria acontecido”, disse Joyce Silva dos Santos.

O curso com ênfase na aceleração do seu negócio orientou ainda como ter acesso a microcrédito e como acessar o mercado de forma profissional. Ministrado pelos professores Wagner Barradas Sines e Laís Hanoffe, do Sebrae teve duração de cinco dias e além de Perus, houve na Vila N. Cachoeirinha e Piqueri, ambos na zona norte.

“Que vocês saiam daqui determinados, com comportamento de mudança, atitude, inovando sempre e fazendo a diferença. Pensando na transformação na sua vida, na família, dentro da sua comunidade e o mais importante, fazendo a diferença mesmo que haja produtos iguais aos seus”, disse Aline.